segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Amigos, obrigado!

Disseram-me certo dia que a vida é feita de histórias e presença. Desde então, como quem não sabe, tenho procurado colecionar contos e amigos. Já tenho um acervo vasto, onde sempre cabe mais um.

Gente que importa-se comigo. – Dá para sentir. – Pessoas que conhecem-me há anos, outros que dividiram momentos importantes do meu roteiro. Gosto dessa miscelânea de rostos, desse bocado de experiências, em absorver o que viveram.

É pelo Amor, pura e simplesmente pelo Amor, que ordeno os próximos passos. E mal sabe quem sorri para mim, quem escreve um e-mail generoso, quem recorda com carinho, quem guarda boas coisas... mal sabe que isso é um afrodisíaco infalível, minha motivação para a felicidade.

Porque sei que sou um pouco de cada um que cruzou meu caminho. E vocês também são eu. Então só tenho mesmo a agradecer: um a um. Obrigado!

4 comentários:

Luciana Lopes disse...

Lindo o texto. Curto e simples. Como são as boas coisas da vida.
Enquanto tu agradece aos teus amigos, eu me revolto com o caos político em nossa cidade,porem,vamos levando.
Abraços e bom inicio de semana.

Janaína kalsing disse...

Gu, meu querido amigo, muito do que escreveste também tem um pouco de mim. Sabe, tu és um dos humanos mais incríveis que conheci pelas minhas andanças. E olha que não foram poucas! Me sinto uma feliz criatura por viver tantas coisas junto a ti. E, olha, não tem nada a agradecer. Pelo contrário: feliz de quem pode conviver com um ser tão doce como tu.
Beijo!

Sofia Rodrigues disse...

Faço minhas as palavras da Jana. Tirando o doce! Depois do que disseste dos portugueses, não posso usar esse adjectivo:P

Anônimo disse...

Pelo que percebi, só a mim que não queres reencontrar... ahá!