sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Jornada

Saio à jornada completa
Rumo a descobertas
De vontades desertas

Pelos caminhos estreitos
Dos dias estóicos
Heróicos são os feitos

Criam e recriam frações
Menções a um passado
Tratado em ações

Dentro do sendo
Em eterno movimento
Vai-se tudo – o tempo

Nesta vida fugaz
A gente é quem faz,
Inventa e desinventa

Pois se errado
A história termina
Ao menos se tenta

* Este poema de 5-1-2009 foi originalmente publicado em Inutensílio do Mundo.

Nenhum comentário: