sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Você está bem?

Estou bem sim, apesar de sentir que esta "aventura" tem desgastado muito o meu corpo e começo a querer me assentar. É uma vontade que vai e vem, pois o esforço de recomeçar sempre é muito penoso. Talvez esteja no meio do caminho e precise abraçar com mais força uma determinada idéia: ir ou ficar (no sentido metafórico).

De qualquer modo, ainda que às vezes caia na rotina, que apresenta ótimas perspectivas mas também nos cega para outros olhares, tudo o que tenho vivido é fenomenal. Ontem assisti ao filme Into the Wild. Não sei se já viu ou mesmo ouviu falar. É maravilhoso, com uma sensibilidade tocante e lindíssima história. Até mesmo "travei" para escrever sobre o que senti ao ver... foi sentido e talvez baste – fica difícil colocar em palavras.

Quero tanta coisa na vida. E não passar por ela sem realmente me embeber da sua essência, experimentar o seu elixir. Tantas idéias e tantos desejos me permeiam que sei que o melhor a se fazer é, simplesmente... ser.

3 comentários:

Anônimo disse...

"There is pleasure in the pathless woods,
There is rapture on the lonely shore,
There is society where none intrudes,
By the deep sea and the music on its roar;
I love not men the less, but Nature more."

Lord Byron

Anônimo disse...

"Trago dentro do meu coração, Como num cofre que se não pode fechar de cheio,
Todos os lugares onde estive, Todos os portos a que cheguei,
Todas as paisagens que vi através de janelas ou vigias, Ou de tombadilhos, sonhando,
E tudo isso, que é tanto, é pouco para o que eu quero..."

Passagem das Horas in Livro de Versos
阴 Álvaro de Campos
阳 Fernando Pessoa

Juliana Toledo disse...

Gustavo! Que bom lê-lo. Estive meio ausente de seu blog, mas é sempre bom retornar... A cada acesso, uma excelente leitura! Parabéns por tudo!!!
Um grande abraço!

Juliana Toledo