quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Balanço dos quatro


Hoje é dia 4. Amanhã é 5. Aniversário de minha mãe. A família deixei toda no Brasil. Brasil que me dá saudades. Saudades que se alternam com nostalgia. Adeuses que não findaram recordações – as enfatizaram. Mover-se é colecionar histórias e visões de mundo.

Hoje é dia 4. Completo quatro meses em Lisboa. Lisboa que me recebeu tão bem. O vento frio lambe o rosto enquanto caminho pelas suas ruas. Daqui a pouco vem o calor. A vida é feita de várias vidas. Estive só. Preciso da solidão para me completar de mim.

Hoje é dia 4. E cada período que passou aprendi uma coisa. Sempre soube que precisava desta jornada. No entanto, ela se passa quando tinha de passar. Foi isso que me peguei a pensar dias atrás. Toda a experiência dos últimos quatro anos é indizível, imensurável.

Hoje é dia 4. Estou feliz com o caminho que tenho percorrido. Serenamente feliz, serenamente pleno. Arrebatado por sentimentos múltiplos – igualmente indizíveis, igualmente imensuráveis. Existência que segue, com intensidade quatro vezes maior que sempre.

2 comentários:

Andréa disse...

Que lindo, Gustavo!!
Hoje, dia 4, uma 4a feira, também comemoro 4 anos de muitas mudanças na minha vida.
Sem querer me vi em suas linhas.
Beijo,
Andréa

Luciana Lopes disse...

Hoje..........o que dizer do hoje? Bom, hoje, mesmo cansada e com sono resolvi me deleitar com suas palavras..........estavam me fazendo falta........as necessitava assim como necessito de carinho.

obs: apesar de ter passado varios dias sem visitar o seu blog ainda continuo fã ok?