sábado, 27 de dezembro de 2008

Nomadismo

Pensei nisto agora, cá com os meus botões: tive o Réveillon 2007/08 em Balneário Camboriú, cidade a 80 quilômetros de Florianópolis. Voltei à capital catarinense e tempos depois já pegava a estrada, com dois camaradas, para Buenos Aires.

Fizemos um pit-stop ligeiro em Porto Alegre. Outro no Alegrete, terra do poeta Mario Quintana, para descansar. Terminada a aventura em terras argentinas – com direito a extorsões policiais e chave do carro perdida –, celebrei o Carnaval em Floripa, ao lado de amigos antigos e novos.

Também foi minha despedida da Ilha. Assim findou uma fase de dois anos e meio. Vendi as coisas que havia adquirido, juntei minhas trouxas, meti no Palio vermelho e retornei a Brasília. Tive direito a um fim de semana turístico – e etílico – em São Paulo, visitando um estimado amigo.

Já em Brasília, fiz aquela tradicional viagem a Goiânia, para matar saudades dos parentes. Tentei, ainda, aproveitar uns dias em Floripa, num feriado qualquer, mas perdi o vôo. Paciência. Em outubro parti para Lisboa e, por aqui, estive no Porto, Sintra, Ericeira e Mafra.

No meu consistente propósito de estar sempre em movimento, só agora vejo que 2008 foi um ano abençoado. Abençoadíssimo. Pois tenho certeza de que a próxima temporada reserva outros desejos realizados. (Ou assim espero, afinal é o tempo de se planejar e sonhar)

3 comentários:

sandoval disse...

Como você sabe, nosso Natal foi em Pirenópolis (sua mãe, Adriana e eu).Fomos terça e retornamos hoje. Lá nos unimos com o tio Ico, tias Solange e Sonja, primos Mayra, Rodrigo e Plinío. Foi bom. Poderia ter sido melhor se você lá estivesse. Paciência. Fizemos a costumeira brincadeira do "último será o primeiro" e do amigo oculto. A comilança, como você bem sabe, foi grande e sequencial. Com relação a música, tivemos que nos contentar com a do vizinho (axé, sertaneja e afins), o dia inteiro e até altas horas da madrugada. Foi duro aguentar! mas o que fazer...
Todos lembraram de você, o que aumentou ainda mais a saudade, em especial quando das brincadeiras. Sua "amada" já está com oito anos e cada dia mais inteligente. Choveu bastante, todos os dias. Mas como a nossa disposição era a de ficar em casa, a chuva não chegou a atrapalhar.

No Ano Novo, ficaremos por aqui (em casa), pois no dia quatro iremos, sua mãe e eu, para Porto de Galinhas.

Falaremos, durante a semana, via telefone.

Beijos mil.

runescape power leveling disse...

can you email me: mcbratz-girl@hotmail.co.uk, i have some question wanna ask you.thanks

technology disse...

balenciaga handbag
balenciaga handbags
balenciaga
balenciaga bags