domingo, 23 de novembro de 2008

Ímã de garotas (ou íman de raparigas)

Se tem um dom que não se aprende na escola, que não está nas cartilhas, que não se ensina no Telecurso 2000, esse dom é o da atração. E podem as mulheres se pintarem, os homens malharem, que não há – tudo é placebo, pílula de farinha.

Vou apelar a como os franceses descrevem: je ne sais quois (um não sei o quê). Desculpe lá – agora como dizem os portugueses –, mas notei que possuo esse poder. E foi num simples intervalo de trabalho, enquanto observava despretensioso o vaivém de pessoas no shopping.

Ganhei um tchauzinho e um sorriso. Assim, só na troca de olhar. Sou mesmo um íma de garotas! Garotas que ainda usam fraldas. Porque os “cortejos” femininos foram enviados por pequenas coisinhas que não atingem os três anos de idade.

Esse é o meu genessequá. Gero um fascínio indecifrável nas crianças. Até hoje não sei se é por conta da minha cara de bobo ou de guri. As meninas fixaram os olhinhos em mim e chega fiquei sem graça – os pais as chamavam e nada. Umas lindas.

A que me deu tchau parece ter começado a andar há pouco tempo. Ia aos tropicões pelo caminho. Da outra, recebi uma risada gostosa. Sem que eu sorrisse antes. Foi assim de graça, espontânea e verdadeira.

Essas situações já fazem valer o meu dia.

***

Nunca escondi que o mestrado em Jornalismo é pretexto para eu estar em Portugal. Mas acho que essa “doutrina” tem indo longe demais. De algum modo, a cúpula da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Nova descobriu tudo e resolveu boicotar minha turma.

Nesta semana, tivemos apenas uma aula. Na quarta, a professora Cristina Ponte foi roubada – no próprio campus! – e cancelou o seminário. Na quinta, a professora Graça Simões alegou um contratempo profissional e dispensou os alunos. Só mesmo o professor Adriano Duarte é que assumiu a (contra)postura de lecionar.

Tudo bem que sempre defendi a “doutrina” com veemência xiita, porém não imaginei que fosse ter represália da universidade. Que coisa!

7 comentários:

Bembi disse...

Sou testemunha, porque Bruna Pestana, três anos, minha filha é fascinada por esse sujeito atrapalhado. Seguido pede o CD que o Gus deu, seguido vê o Gus pelo msn e logo fala nele. Foi paixão à primeira vista.
Se fossem as de 30 e não as de 3, meu amigo, tu naõ ia dar conta.

Beijoca

Luciana disse...

Gustavo:
é imposssível não se encantar com esse seu jeitinho doce de ser. Essa cara de menino realmente faz qualquer garotinha olhar com carinho e querer um colo.
Até eu, que não tenho mais 3 aninhos tenho vontade de pedir um colinho, quem dirá as mocoilas que começaram na vida agora.
Abraços e bom domingo.
Ps: se você tivesse feito pedagogia tenho certeza que se daria muito be4m. Seria a ´´tia´´ mais disputada.

Juliana Toledo disse...

Que coisa, não??? Deve ser bom ser um atraidor de garotas... o carisma infantil é mesmo cativante. Sabe, será que Portugal é apenas um pretexto para todos os brasileiros morarem na europa??? rs... Além de você, conheço outros que usaram o mestrado como pretexto...rs... E isso é ótimo, oras!!! Pelo menos tá fazendo algo de útil aí...rs... Bjoks

sandoval disse...

Guga, não reclame! como disse alguém (que não sei quem), "O dia de amanhã, ninguém usou. Pode ser seu."

Portanto, quem sabe se atrás de uma criança não está alguém interessante, como uma mãe solteira ou separada, uma irmã, uma tia, uma prima... (todas maiores de idade, é óbvio, e livres).

Desculpe a rapidez nos comentários. É que o meu tempo está curto em razão do final de ano escolar. Tenho que preparar e elaborar provas, etc, etc., além de corrigí-las depois.

Beijos mil.

jehoel disse...

Gustavo,

Poeta Brasiliense e/ou Catarinense na Penha de França!...

Isso é sinal de Luz no Coração! As crianças detectam com facilidade, e retribuem!...

Enigma decifrado?

Um Abraço!

PS: E não te esqueças de beber um cálice de porto no Porto!

Gustavo Jaime disse...

É cada comentário... hahaha. Obrigado a todos pelo carinho, participação e conselhos.

As contribuições são o que me motivam a continuar escrevendo. (Ou tentando escrever).

Beijos e abraços!

Drica disse...

Opaaaaaaaaaa!!! Mas como não se encantar com um guapo maravilhoso??!!! Como diz Mayra, nossa prima, ai se não fosse parente, kkkkkkkkkkkkk!!!
Sou suspeita né? Irmã babona...
Bjssssssss