terça-feira, 7 de outubro de 2008

Pro alto e sempre!

Me situo num bairro predominantemente composto por imigrantes. Brasileiro, então, tem aos montes em Penha de França – uma localidade ao alto do morro. Os portugueses sentem um medo enorme de nós. Por conta de alguns picaretas, eles preferem ficar com os dois pés atrás para todo mundo que nasceu no país tropical.

A minha senhoria, Inácia, é uma mulher simples e aparentemente tranqüila, sem essa neurose. Já a cinqüentona Paula, amiga da proprietária e residente no apartamento há anos, além de solitária, é desconfiada. Chegou um rapaz de Governador Valadares (MG) por aqui e ela veio logo me perguntar como eram as pessoas dessa região.

Sem meias palavras, não escondeu que tem temor dos brasileiros. Às vezes acho que também teria. Não os culpo. Gente oportunista existe em tudo quanto é lugar – mas nós somos malandros ambiciosos. Ao menos minha cara de bonzinho tem sido útil. E não há nada que um "por favor" e um "obrigado" não resolvam...

***

Lisboa amanheceu molhada. Mesmo sem chapéu-de-chuva tive de sair para resolver algumas pendências na rua. Por enquanto, todos os meus trajetos são a pé. Estou acostumado com grandes distâncias e andar 10, 15, 30 minutos entre prédios e pessoas é muito agradável.

Tirei o cartão do metrô, defini meu número de contribuinte e fui almoçar com a Soraya e a Juliana. As duas são ótimas – a primeira pernambucana, esposa do Daniel, e a outra gaúcha. Devo tanto a eles – no grupo que encontrei aqui ainda tem a Camila (mineira) e o Duda (curitibano, há quatro anos em Portugal) – que chego a ficar sem jeito.

Nesta quarta começam as minhas aulas. Admito que o frio na barriga só tem aumentado. Não tenho idéia do que me espera, e o fato de estar há tanto tempo longe do universo acadêmico gera uma ansiedade.

2 comentários:

dani z disse...

gu, é bom saber que existem pessoas assim no mundo. e sabe o que mais? faça por um outro alguém o que fizeram por vc. existe melhor forma de agradecer?

e mm sem acreditar, saiba que Deus também foi responsável por colocar pessoas tão especiais no seu caminho. bj

Adriana disse...

Isso mesmo Dani, concordo contigo!
Vc mais do que ninguém merece TUDO de bom Gu!!
Te amo demais!!!
Boa sorte nas aulas e aproveite muito seu tempo, porque "tempus fugit", rsrsrs!
Bjssssssss