segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Curiosidades lisboetas (2)

- O europeu tem uma maneira própria de se vestir. No frio, então, eles escancaram o armário e promovem combinações que às vezes dão certo, outras não. Engraçado que o frio nem chegou direito e já ocorre o desfile na rua. Enquanto isso, um brasileiro passeia de all-star, bermuda e camiseta;

- Falar em all-star, ele é valorizado aqui. Um par custa, no mínimo, € 60. Ou seja, dá pra comprar quase três no Brasil;

- Caros também são as havaianas e o protetor solar. Em compensação, na Zara, Springfield e outras boas lojas é possível encontrar excelentes roupas por um preço muito camarada;

- Dois grandes shoppings em Lisboa valorizam o tema "navegação". O Vasco da Gama está no Parque das Nações, local construído para Expo-98. O Colombo fica ao lado do Estádio da Luz, casa do Benfica;

- Fui a um no sábado e a outro no domingo. Tenho somente uma palavra para descrevê-los: globalização;

- Ainda no ramo de compras, não me deparei com nenhuma grande rede de supermercado. Visitei duas "conveniências" de quadra: o Pingo Doce e o Bonjour. Em ambos, existe uma valorização bacana da marca própria. Ao contrário do Brasil, os produtos são baratos e de primeira qualidade;

- Pois nesses minimercados aprendi que nunca se pede presunto no balcão, senão vão achar que se pretende levar pra casa um cadáver. Melhor solicitar 200 gramas de fiambre;

- E que medo de virar presunto dá ao comprar a água Penacova.

3 comentários:

Drica disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!! Amei o nome dessa água, rsrs!!!

Luciana Lopes disse...

Adorei o texto. Continue brindando os seus fãs brasileiros com textos com as suas palavras.

Sandoval disse...

Você sabia que o cemitério de Lisboa chama-se "Cemitério dos Prazeres"?

Já pensou, então, qual seria o nome apropriado para Motel?

Ah, língua pátria!!!