segunda-feira, 27 de outubro de 2008

A beleza da (eterna) novidade

A sensação de cada dia descobrir, conhecer e aprender uma coisa nova é indizível. Bem que podíamos lidar assim sempre com a rotina, não importando se estamos em casa ou longe de casa. É, tão-somente, uma questão de postura.

Numa cidade diferente nos permitimos muito mais uma saída para... sair. Uma saída sem propósito, simplesmente com o intuito de passear. Minha briga com Brasília é essa: a falta de espontaneidade de um lugar em que se precisa do carro para ir e vir. O conforto e a comodidade disfarçam o individualismo e a anti-socialização.

Pois bem, nada restringe de fazermos a nossa parte. Não restringe de darmos de cara com a rua sem idéia do que fazer e para onde ir. Aos poucos, vamos abandonando o sentido de liberdade que está na bagagem quando viajamos. Por que vez ou outra não somos turistas, forasteiros, imigrantes em nossa própria terra?

Tantos poetas falaram em nunca se perder a beleza da novidade. A gente sabe o quanto é difícil colocar essas palavras em prática, mas tente _ sem procurar explicação metafísica ou sofisticada para as coisas. Observe o cotidiano com outros juízos. Ou melhor, com apenas um juízo. Um juízo intimamente seu: o juízo do amor.

"Nenhuma experiência é demasiado insignificante, e mesmo o acontecimento mais miúdo cresce como um destino, e o destino ele próprio é como um grande e fabuloso tecido, em que cada fio foi conduzido e entrelaçado num outro por mão infinitamente delicada, sendo sustido e reforçado por cem fios mais." (Rainer Maria Rilke)

2 comentários:

Anônimo disse...

Oi, Gux! Andas mais inxpirado que o usual, hein? Tô gostando de ver! Sobre o intervalo nas sessões de cinema, vai te acostumando. Uma amiga minha que está morando em Braga já havia contado isso tb hehehehe, só os portugas pra fazerem isso mesmo... Boa sorte nas andanças pela cidade (pra mim, esta é a melhor parte quando viajo, sair sem destino e descobrir a cidade andando). Beijão com saudade! Carol Zili

Drica disse...

Caracas hein, e falamos sobre isso hj - a novidade... rsrsrs
Adorei conversar contigo pelo msn!
Bjssssssss